Sexta-feira, 16 de Fevereiro de 2019

Hora Certa

Contato Cel.:
Ligue:
12 - 99605-9010
12 - 99666-5474


Estações Hidrológicas
Estações Pluviométricas
Publicidade Lateral
Enquete
Como você acompanha Portal News Web TV?

 Facebook
 Site Oficial
 Instagram
 Grupo Whats

Horóscopo
Redes Sociais


Estatísticas
Visitas: 990997 Usuários Online: 197


Bate Papo

Digite seu NOME:


Campos do Jordão SP
Publicada em 04/02/19 às 13:51h
Caso Advogado Kléber Araujo: Cliente é preso em Ubatuba suspeito de matar advogado em Campos do Jordão
Crime aconteceu no dia 20 de junho de 2018, quando o advogado Kléber Araújo, de 60 anos, foi morto com cinco tiros em seu escritório na região central. Suspeito era cliente da vítima.

TV Portal News


 (Foto: Arquivo Vanguarda)

Por Portal News Web Tv - 04/02/2019 - 14h51

Um homem de 32 anos foi preso em Ubatuba nesta segunda-feira (4) suspeito de matar um advogado a tiros em Campos do Jordão em 2018. Segundo a polícia, o suspeito era o cliente do advogado e já tinha mandados de prisão por tráfico e por agredir uma mulher.

crime aconteceu no dia 20 de junho de 2018, quando o advogado Kléber Araújo, de 60 anos, foi morto com cinco tiros em seu escritório na região central.

A Polícia Civil acompanhava a rotina do suspeito no litoral há quatro dias, onde ele estava escondido e vivia como turista. Apesar de estar no local há mais tempo, o suspeito não tinha trabalho ou qualquer outra atividade fixa. O homem foi preso em uma casa no bairro Perequê-Açú.

Além do mandado de prisão pelo crime contra o advogado, o homem ainda tinha outros dois mandados por tráfico de drogas e outro por agredir a mulher.

De acordo com a Polícia Civil, o advogado atuava como criminalista e os investigadores levantaram a lista de clientes, que levaram até o suspeito.

“Cruzamos a lista de clientes, registros de ameaças e informações de testemunhas que nos levaram a esse homem. Pedi a prisão dele e agora ele vai ser interrogado para entendermos a dinâmica do crime. A nossa suspeita é de que ele tenha discutido com o advogado e então o matado”, diz o delegado responsável pelo caso, Luiz Geraldo Ferreira.

O homem ainda vai responder por tráfico de drogas. No momento da prisão foram apreendidas com ele duas porções de maconha e um caderno com anotações sobre o tráfico de drogas que o ligam a uma facção criminosa.

A polícia ainda aguarda a audiência de custódia para que a Justiça decida se ele será encaminhado para cadeia em Taubaté ou se será mantido preso no litoral norte de São Paulo.


Fonte: G1/Vanguarda



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário
Seja bem vindo a nossa página. VOLTE SEMPRE. Nós da Equipe da Portal News Web Tv. ficamos muito felizes com sua escolha. Obrigado.
Copyright (c) 2019 - TV Portal News - Todos os direitos reservados